Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

segunda-feira, 11 de maio de 2009

KLÜSSENDORF, NAU: TAXAS USADAS


TODAS AS TAXAS DE 1 A 9999 ERAM POSSÍVEIS

Em 9 de Outubro de 1993 aparece a ATM: NAU PORTUGUESA SÉC. XVI.
Desenho de Anabela Silva; impressa em off-set pela firma holandesa Enschedé.
Em 1997 esta máquina começa a imprimir um A de CORREIO AZUL.
Já referenciado na passada emissão, esta ATM mantém o regime de excepção em relação aos outros selos:

Em 9.3.93 mudam as tarifas e é aberto um regime de excepção para as etiquetas: a tarifa da carta até 20 gramas era de 42 Escudos, mas na máquina era de 40 Escudos.
Em 1.3.95 nova mudança para 45 Escudos, mas mantém-se os 40 Escudos.
Em 1.3.96 nova mudança para 47 Escudos nas cartas até 20 gramas regime nacional, 78 Escudos para a União europeia, e 98 Escudos para o resto da Europa. Tendo as etiquetas mantido o regime de excepção com as taxas respectivas: 45,75 e 95 Escudos.
Em 1.2.97 nova mudança nas tarifas, a carta até 20 gramas sobe para 49 Escudos, mas nas máquinas mantém os 45 Escudos.

De 27 de Janeiro a 29 de Março de 1995 durante a EXPO PMB, esteve em exposição e teste a nova máquina Olivetti com impressora Klüssendorf.

Em 7 de Setembro de 1995 a máquina Olivetti com impressora Klüssendorf é instalada na EC dos Restauradores, tendo esta incorporado um ship SMS INESC que facultava uma etiqueta VISA no valor da ATM paga por cartão PMB.

Esta ATM, como todas as impressas na moeda portuguesa Escudo, deixaram de circular em 30 de Setembro de 2001.

Sem comentários:

Enviar um comentário