Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

domingo, 31 de janeiro de 2016

Catálogo de selos perfurados de Portugal

Gentilmente cedido aos sócios do Clube Filatélico de Portugal.

Na página 31 relativamente à firma Azevedo & Pessi, Ltdª o autor assinala "desconhecida" a autorização para a perfuração dos selos.
Temos conhecimento pela Circular 5001,8/E, que autoriza a dita firma a perfurar os selos com as iniciais AP.

Na página 40 relativamente à firma Portela & C.ª ( Laboratórios Bial) o autor assinala "desconhecida" a autorização para a perfuração dos selos.
Temos conhecimento pela Circular 5602,16/E, que autoriza a dita firma a perfurar os selos com as iniciais B.I.A.L.

Na página 69 relativamente à firma General Motors Overseas Corporation Lisbon Branch  o autor assinala "desconhecida" a autorização para a perfuração dos selos.
Temos conhecimento pela Circular 5003,64/E, que autoriza a dita firma a perfurar os selos com as iniciais G.M.

Na página 72 relativamente à firma Fábrica de Preparação de Tecidos «A Invencível, Ltdª» o autor assinala "desconhecida" a autorização para a perfuração dos selos.
Temos conhecimento pela Circular 4912,115/E, que autoriza a dita firma a perfurar os selos com as iniciais IL.

Na página 78 relativamente à firma Mobil Oil Portuguesa o autor assinala "desconhecida" a autorização para a perfuração dos selos.
Temos conhecimento pela Circular 5601,6/E, que autoriza a dita firma a perfurar os selos com as iniciais M.O.

Na página 88 relativamente à firma Soc. Geral de Comércio, Industria e Transportes, no Porto o autor assinala "desconhecida" a autorização para a perfuração dos selos.
Temos conhecimento pela Circular 5603,27/E, que autoriza a dita firma a utilizar na sua correspondência selos perfurados com as iniciais S.G. concedida à sede da mesma sociedade, em Lisboa.

Na página 95 relativamente à firma Socony-Vacumn Portuguesa o autor assinala "desconhecida" a autorização para a perfuração dos selos.
Temos conhecimento pela Circular 5404,33/E, que autoriza a dita firma a perfurar os selos com as iniciais SV.
Erro de impressão; deve ler-se Socony-Vacuum.




quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Memórias Paroquiais de Castelo Branco

Publicamos recentemente o nosso X trabalho sobre o Correio nas Memórias Paroquiais de 1758.
Trabalho até aqui inédito no que concerne à totalidade das freguesias (2011) do Distrito de Castelo Branco. Esclarecemos que não temos em conta a nova reorganização administrativa do território levada a cabo no ano de 2013.