Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Nelas: finalmente as fotos

Depois de várias paragens em Nelas resolvemos tirar umas fotos no centro da vila.
Passeio pertença da casa do General José Tavares (séc. XVI): a pedra branca é mármore.
Largo fronteiro à casa do General José Tavares com uma estátua em honra do Escanção.



Federação dos Vinicultores do Dão.

Um excelente livro promovido pela Câmara da Vila de Nelas.
Notícia inserta no Boletim Informativo do Município de Nelas. As diferenças com a cidade de Santa Comba Dão deveriam fazer corar de vergonha muita gente "ilustre".

No Cadastro da População do Reino (1527): as nelas e roçadas 31 moradores; scilicet fogos, que nos dará uns 90 habitantes.
Estava Nelas integrada no concelho de Senhorim.

Nas Memórias Paroquiais de 1758 Nelas tinha 121 fogos, e 385 habitantes.


No censo de 1911 tinha 405 fogos, e 1602 habitantes.
No censo de 1940 tinha 510 fogos, e 2046 habitantes.
No censo de 1960 tinha 595 fogos, e 2053 habitantes.
No censo de 1970 tinha 660 fogos, e 1899 habitantes.
No censo de 1991 tinha 851 fogos, e 2414 habitantes.




2 comentários:

  1. Se bem conheco Nelas, melhor comungo a sua revolta. Ate pensava que era cidade, mas...merecia muito mais que muitas.

    ResponderEliminar
  2. Talvez já tenha lido em qualquer lado; nas cidades descansa-se, nas vilas trabalhasse!...
    O património arqueológico do concelho de Santa Comba Dão é riquíssimo, Está todo ao abandono, e não classificado, esta a razão da minha revolta.

    ResponderEliminar