Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Travanca: Travanca de São Tomé

 Dando continuidade à nossa procura, fomos visitar Travanca.

Capela dedicada a São Tomé, a porta de entrada na capela é ogival, e as laterais românicas na torre sineira; possivelmente uma capela Romano-Gótica.
Estando Travanca situada na antiga estrada romana, que ligava Viseu à Bobadela, depois estrada real, é bem possível ser templo da época Gótica.
Foi capela restaurada; notasse pela telha moderna. Desconhecemos em verdade se algumas alterações foram efectuadas no restauro. A maioria das pessoas contactadas, afirmam que a porta ogival esteve sempre deste lado, e não do lado traseiro. Fomos verificar, e não encontramos vestígios de alguma mudança na construção.

Parte lateral da torre sineira, com três entradas para a porta principal.

Alminhas.
Fonte.
Não foi possível ver as datas, que pensamos estarem aqui representadas.



Casa da eira.



Lareira.

Alpendre, que lá vai resistindo.
Um estreito caminho bem murado; não há lugar para a passagem de duas pessoas frente-a-frente.
Uma das entradas no caminho.




No Cadastro da população do Reino: trauamca tinha 16 moradores; isto é fogos.


Nas memórias paroquiais de 1758: São Tomé de Travanca tinha 67 fogos, que nos dará uns 200 habitantes.

No censo de 1911 tinha 121 fogos, e 452 habitantes.
No censo de 1940 tinha 162 fogos, e 615 habitantes.
No censo de 1960 tinha 198 fogos, e 550 habitantes.
No censo de 1970 tinha 195 fogos, e 533 habitantes.
No censo de 1991 tinha 186 fogos, e 327 habitantes.




terça-feira, 2 de junho de 2015

Monte Mauraz: Mouraz

No seguimento da nossa procura pelos locais mencionados no documento do ano 981, fomos ter ao Santuário de Nossa Senhora da Esperança situado no Monte Mauraz ou Mouraz como se pronuncia já lá vão muitos séculos.

Igreja dedicada a Nossa Senhora da Esperança.
Calvário situado no local, que pode ter sido um castro da idade do ferro.
Marco Geodésico no local mais alto do monte; temos uma vista de praticamente 360 graus, apenas uma pequena mancha verde nos impede de ver parte do Poente.