Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

terça-feira, 31 de julho de 2012

Covelo: Tonda

Covelo um lugar muito acolhedor da freguesia de Tonda; gente agradável e hospitaleira.
Entrada em Covelo, vindo da Lage.

A argola servia para prender o cavalo.

Sendo o trânsito automóvel "intenso" lá se foi asfaltando o caminho: Quanto às casas, lá se vai "restaurando" para dar um ar mais citadino.

Tudo indica que esta casa está em processo de "destruição" arquitectónica: Valha-nos, que o proprietário parece estar a ter algum cuidado na preservação da traça original, não tampando tudo com cimento.

  Travessa da parteira à direita: o tijolo e o cimento são a luz que dá uma nova vida à aldeia do Covelo.

Ao fundo o moderno; cimento. Ao perto o antigo; saibro.



Fonte a necessitar de limpeza; e civismo por parte de quem está apertado dos intestinos.



Neste local havia um portão, hoje a passagem é livre.

Velhinha, mas de pé.
Os contentores aqui ficam mal.
Escada em curva; nunca vi.
Outra vista da casa velhinha; ao lado adulteração actual.

E se cada português plantasse uma oliveira; Portugal ficava mais bonito, ecológico, e mais rico.



Antes de entrarmos na povoação deparamos com este belo exemplar: Alminhas com a cruz de Avis.


Arquivo Distrital de Viseu: 4 de Setembro de 1470; Prazo em três vidas que faz o Cabido de Viseu a Afonso Anes e mulher Catarina Anes, moradores no lugar do Adro freguesia de Tonda, do Casal de Covelo na mesma freguesiaq, pelo foro de 7,5 libras às terças do ano e 2 capões pelo Natal, sob condição de refazerem as casas de pedra, telha e madeira.


Em 27 de Janeiro de 1872:  José Alves Pinto; idade 52; casado; residente no lugar de Covelo; freguesia de Tonda. Requereu passaporte com destino ao Rio de Janeiro.

Em 12 de Janeiro de 1880: José de Loureiro Júnior; filho de José de Loureiro; idade 23; profissão, trabalhador; solteiro; residente em Covelo; freguesia de Tonda; natural de Cunha, na mesma freguesia. Requereu passaporte com destino ao Rio de Janeiro.

Em 9 de Março de 1881: João Alves Pinto; idade 29; solteiro; morador no lugar de Covelo; freguesia de Tonda. Requereu passaporte para o Rio de Janeiro.


Em 12 de Novembro de 1884: José Braz Loureiro; idade 27; padre; residente no Lugar de Covelo; freguesia de Tonda. Requereu passaporte com destino ao Império do Brasil.

Sem comentários:

Enviar um comentário