Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

sábado, 19 de maio de 2012

GUIA DE PORTUGAL

      O Guia de Portugal é para muitos a última visão do Portugal antigo; do tempo dos carros de bois, dos rebanhos nas estradas, das tabernas, do comboio a vapor, da travessia dos rios por barcos a remos; das charruas lavrando os campos, dos homens e mulheres que de enxada nas mãos retiravam da terra o seu sustento; era o tempo dos moinhos, quer movidos a água ou a vento, da nora aonde o gado passava horas a dar voltas para se retirar a água com que se regavam os campos; das grandes chaminés das fábricas, dos trabalhos em pedra feitos por artífices, dos latoeiros e demais artistas que abundavam nesse tempo. 

         Atrevo-me a dizer: que foi a última História de Portugal publicada; aquela história que nos conta a realidade do quotidiano, não aquela que só fala da nobreza, da guerra e da politica; essa todos conhecemos desde o banco da escola primária: O verdadeiro Portugal não vem nesses livros, vem nestes.

         Alguém disse um dia: os portugueses descobriram o mundo para os outros, mas desconhecem o seu país.

NOTA: todos os volumes aqui mostrados são da primeira edição.


 Primeiro volume editado em 1924

 
Segundo volume editado em 1927       

Terceiro e último volume editado pela Biblioteca Nacional em 1944. 



sexta-feira, 18 de maio de 2012

PERFINS: Grandes Armazéns do Chiado

Sobre selo de D. Carlos, 5 réis.

BALTAR: Marcofilia

Como referido em Gordon; marca partida debaixo das letras LT.

        Por aqui se pode verificar a diferença entre Marcofilia e Selofilia: O selofilista lança para o lixo todos os selos que não tenham o denteado perfeito, em contrapartida o marcofilista, tudo aproveita.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Barragem da Aguieira/Foz do Dão

Bonita obra de engenharia; lamentavelmente foram destruídas duas povoações do concelho de Santa Comba Dão, Senhora da Ribeira e Foz do Dão, que poderiam ter sido reconstruídas em local superior, se não fosse a irresponsabilidade das autoridades ao tempo.
Não somos contra o progresso das civilizações, somos sim, contra a destruição do património, que é um bem de todos; e não de um bando de irresponsáveis, que passa pelos ministérios sem terem classe para o cargo.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

História Postal: Amares

Já se encontra pronta para publicação a história postal de Amares.

Está completo o trabalho sobre a história postal do distrito de Viana do Castelo; iniciamos o trabalho sobre o distrito de Braga.