Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Artigo publicado no boletim do CFP

Segundo artigo publicado no boletim nº 431 de Março de 2011.

AS MAL AMADAS ATM’S (2)

A emissão Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social, não trouxe alguma variedade a nível de impressão, está de parabéns a Firma: Litho Formas Portuguesa. Infelizmente para nós que tanto gostamos de variedades.
Continuamos a ter os quatro modelos de distribuidores a imprimir nas cores, preto e violeta nas suas várias tonalidade. Como já vem sendo hábito o distribuidor “CROUZET” continua a ser o mais raro, logo seguido pelo “SMD”.
Esta emissão teve um caso caricato: primeiramente anunciada pelo noticiário filatélico 16/2010 para distribuição em 28 de Abril, foi depois anulada pelo noticiário filatélico 20/2010, acabou por sair em Maio. A distribuição de rolos pelas Estações de Correios começou a ser feita em Abril, mesmo os carimbos fabricados para comemorar o primeiro dia de emissão, entregues às lojas de filatelia, tiveram de ser devolvidos, pois ficaram obsoletos.
Tenho conhecimento de um distribuidor que recebeu o rolo no dia 7 de Maio, devido a esgotamento do anterior papel, achou o chefe de estação utilizar o novo rolo. Como as ATM’s não carecem de portaria, é válida a sua circulação, quer para efeitos filatélicos quer para efeitos de franquia.
Não tendo variedades no papel, tem duas raridades:
1º - Tendo sido alterada a taxa referente ao segundo escalão, regime nacional, que baixou de 0,54 para 0,53 em 01 de Junho. Tornou a taxa de 0,54 uma raridade, pois circulou poucos dias durante o mês de Maio. É sabido que não sendo simultânea a troca de rolos, é de querer que poucos distribuidores tenham recebido os novos rolos em Maio, ficando privadas muitas zonas do país sem ATM’s desta emissão durante o mês de Maio.
2º - Sendo alterado o IVA em 01 de Julho para 21 %, subiu a taxa da Posta-restante de 0,68 para 0,69. Entre Maio e Junho foram as seguintes taxas que vigoraram – Correspondências até 20 gramas = 1,00. De 21 a 50 gramas = 1,22. Correio Azul até 20 gramas = 1,15. Correio Azul de 21 a 50 gramas = 1,36. Além das combinações de taxas foi possível retirar algumas taxas inteiras do distribuidor “e-Post” com visor. Do distribuidor “CROUZET” é sempre possível retirar taxas inteiras, desde que sejam superiores a 0,45, isto em alguns, pois noutros, só é possível superiores a 0,47.
Alguns coleccionadores, depois de avisados fizeram circular ATM’s com a taxa 0,54 no mês de Junho. Outros circularam correspondência para a Posta-restante sem a adição do IVA, mostrando alguma ignorância. Usaram 0,32 + 0,57 = 0,89. Não é a mesma coisa, filatelicamente o seu valor é NULO.
Estão de parabéns os CTT com a sua campanha iniciada em 1 de Dezembro de 2008: Projecto de Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social. Da qual emitiram três folhetos, que aqui deixo imagens.
AUTOR: Francisco dos Santos “fringosa”
Vila Nova de Gaia: 2010-09-09

Sem comentários:

Enviar um comentário