Este blogue chegou hoje (17-09-2015) às 66666 vizualizações

quarta-feira, 18 de março de 2009

TARIFAS para colecção de séries novas

FRAMA
A entrada em circulação das etiquetas Frama foi efectivada por uma norma interna, e não por Portaria.
Quando da instalação da primeira máquina Frama 004 em 19 de Maio de 1981, Lisboa, Santa Marta, as taxas em vigor desde 1 de Janeiro de 1981 eram:
7.00 bilhete postal para o serviço interno.
8.50 cartas até 20 gramas serviço interno.
22.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.
25.50 cartas até 20 gramas países extra Europa.

Esta é a primeira série de etiquetas em Portugal.

Apenas é válido o papel do Tipo I

Esta Série é raríssima quer em novo, usado ou sobre carta e bilhete postal.
Possivelmente não existem alguns destes valores, quer em novo ou usado.

-----------------------------------------------------------------------
Em 1 de Julho são alteradas as taxas para o regime internacional:
27.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.
33.50 cartas até 20 gramas países extra Europa.
Mantendo-se as do regime nacional.

Durante o ano de 1981 foram instaladas mais 6 máquinas a saber:
001 dia 1 de Setembro em Portimão
002 dia 2 de Dezembro em Lisboa, Terreiro do Paço
003 dia 1 de Setembro em Faro
005 dia 1 de Setembro em Vila Real de Santo António
006 dia 1 de Setembro em Albufeira
007 dia 1 de Setembro em Lagos

A Série para as novas 6 máquinas é a seguinte:
7.00 bilhete postal para o serviço interno.
8.50 cartas até 20 gramas serviço interno.
27.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.
33.50 cartas até 20 gramas países extra Europa.

Para evitar repetições a máquina 004 só necessita das taxas internacionais.

Apenas é válido o papel do Tipo I

-------------------------------------------------------------------------------
Em 4 de Março de 1982 são alteradas as taxas para o regime nacional:
9.00 bilhete postal.
10.00 cartas até 20 gramas.
Mantendo-se as do regime internacional.

Os coleccionadores que queiram acrescentar as taxas internacionais são livres de o fazer. Em minha opinião é um desperdício ter taxas repetidas.

Apenas é válido o papel do Tipo I

---------------------------------------------------------
Em 1 de Março de 1983 são alteradas as taxas para o regime nacional e internacional.
O bilhete postal passa a ter a mesma taxa que a carta até 20 gramas, deixa de haver 4 taxas na colecção de séries.
O papel do Tipo II começou a ser colocado nas máquinas no dia 24 de Fevereiro.

São aceites os dois tipos de papel nesta e posteriores séries.


12.50 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas serviço interno.
30.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.
37.50 cartas até 20 gramas países extra Europa.

------------------------------------------------------------------
Em 1 de Agosto de 1983 são alteradas as taxas para o regime nacional e Europeu.

16.00 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas.
40.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.

----------------------------------------------------------------------
Em 1 de Janeiro de 1984 é alterada a taxa para o regime extra Europa.

51.00 cartas até 20 gramas extra Europa.

----------------------------------------------------------------------
Em 15 de Janeiro de 1985 são alteradas as taxas para o regime nacional e internacional.

20.00 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas serviço interno.
46.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.
60.00 cartas até 20 gramas países extra Europa.

Em Abril começa a ser colocado nas máquinas o papel do tipo III.

São aceites todos os tipos de papel nesta e posteriores emissões.

Em 28 de Novembro a máquina 004 instalada em Santa Marta termina, é transferida para o Aeroporto, passando a ter o número 008, começando a servir o público em 1 de Dezembro.

Em 31 de Dezembro a máquina 005 instalada em Vila Real de Santo António termina, é transferida para o Funchal, passando a ter o número 009, começando a servir o público em 15 de Janeiro de 1986.
Esta máquina imprimiu na cor violeta.
É conhecido papel do Tipo II nesta cor.

PS: é minha opinião que devido à fraca adesão do público português a este novo tipo de franquia e, como a procura por parte de estrangeiros, nomeadamente alemães era enorme, os correios optassem por mudar as máquinas para locais mais rentáveis.

-----------------------------------------------------------------------------
Em 1 de Dezembro de 1985 são alteradas as taxas para o regime nacional e internacional.


22.50 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas serviço interno.
52.50 cartas até 20 gramas para os países europeus.
68.50 cartas até 20 gramas países extra Europa.

Apesar de não estarem em serviço as máquinas 004 e 005 é possível a existência destas e posteriores taxas.
É do conhecimento geral que as máquinas imprimiam taxas de 00.5 a 999.5

-----------------------------------------------------------------------------------------
Em 1 de Janeiro de 1987 são alteradas as taxas para o regime nacional e internacional.

25.00 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas serviço interno.
57.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.
74.50 cartas até 20 gramas países extra Europa.

Em 10 de Julho a máquina 002 instalada no Terreiro do Paço, Lisboa termina, é transferida para Restauradores, Lisboa, passando a ter o número 010, começando a servir o público em 15 de Julho.

Como atrás referido, continuam a ser válidas as taxas da máquina 002.

----------------------------------------------------------------------------------
Em 1 de Janeiro de 1988 são alteradas as taxas para o regime nacional e internacional.

27.00 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas serviço interno.
60.00 cartas até 20 gramas para os países europeus.
80.00 cartas até 20 gramas países extra Europa.

Em 15 de Abril são retiradas as máquinas 001 - 003 - 006 - 007.
Ficam somente em funcionamento as máquinas 08 - 09 - 010.

Como atrás referido, continuam a ser válidas as taxas das máquina 001 - 003 - 006 - 007.
----------------------------------------------------------------
Em 1 de Janeiro de 1989 são alteradas as taxas para o regime nacional e internacional.
As taxas para a Europa são divididas entre União europeia e resto da Europa.
Mantendo-se a taxa mais baixa (União europeia) nos 60.00.
Por acumulação não a incluo.

29.00 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas serviço interno.
87.00 cartas até 20 gramas países extra Europa.
---------------------------------------------------------------
Em 1 de Janeiro de 1990 são alteradas as taxas para o regime nacional e internacional.
32.00 postais e cartas formato normalizado até 20 gramas serviço interno.
95.00 cartas até 20 gramas países extra Europa.

Em 20 de Fevereiro as três máquinas 08 - 09 - 010 são retiradas, terminando a sua função e dando lugar ás "KLUSSENDORF" neste mesmo ano e ás "CROUZET" em 1991.

Para quem tem taxas posteriores até à sua retirada de circulação 30 de Setembro de 2001, pode acompanhar as outras séries "agora comandadas pelos ctt" e seguir as taxas dos FDC.

PS: Espero que com esta pequena contribuição ter dado uma ajuda aqueles que gostam de ATM`s.
Estou aberto a reparos e ajudas para alguns lapsos.
Vila Nova de Gaia, 18 de Março de 2009.

Saudações filatélicas

Francisco Santos

--------------------------------------------------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário